segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Ponline no Acessa SP de Ilha Solteira











O que é a Ponline?

 Ponline = Pesquisa On line

Desde 2003, a Ponline é aplicada anualmente entre os usuários do Programa Acessa SP.
Seus resultados permitem identificar informações como perfil dos usuários dos postos, formas de uso da internet e avaliação geral do Programa.
Na semana de aplicação da Ponline, os monitores atuam como Agentes de Pesquisa: a cada acesso é preciso coletar a assinatura do usuário por meio de uma lista de presença.

Acontece na semana de 23 à 28 de novembro e é o momento e oportunidade do usuário ter direito de voz. Aproveitem!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Cartório Eleitoral e Acessa SP

VOCÊ SABE O QUE É CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO?

Cadastramento biométrico é o processo de atualização dos dados constantes do cadastro eleitoral, com o objetivo de implantar a identificação de cada eleitor através de impressão digital, fotografia e, desde que viabilizado, assinatura digitalizada.
A Justiça Eleitoral adotou a biometria para garantir ainda mais segurança ao processo eleitoral. A implantação no país vem sendo gradual, já que é necessário convocar todo o eleitorado para a revisão biométrica.
O cadastramento biométrico é feito com utilização do chamado "Kit Bio", composto de dispositivo de captura de fotos, Digitalizador para captura de digitais, maleta de transporte e cenário (mini-estúdio fotográfico com assento).


Agendamento – O cadastro em Ilha Solteira começou a ser feito nesta segunda-feira (21). Mas, antes de ir ao cartório é preciso agendar no site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo Tribunal Regional Eleitoral. “Quem não tiver acesso a internet em casa ou no serviço, pode procurar o Acessa SP de Ilha Solteira, que firmamos uma parceria para esse serviço”, disse Rodrigo Fernando de Mendonça Furtado, chefe do Cartório Eleitoral de Ilha Solteira.
Feito o agendamento, o eleitor deve comparecer ao Cartório Eleitoral com o título de eleitor, um documento de identificação pessoal e um comprovante de residência (de no mínimo três meses anterior a data do cadastro). “O cadastro leva de 20 a 25 minutos, em média. Tudo depende do tempo para a coleta da digital. Podemos fazer de três a quatro cadastros simultaneamente”, afirmou Furtado.

O Cartório Eleitoral reforça a necessidade de agendamento, sem ele não é possível fazer o cadastro biométrico.




Fonte: http://www.ilhadenoticias.com/index.php/noticias.html


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

RG com mais de dez anos é recusado por bancos e cartórios


Embora a lei determine que a Carteira de Identidade não tenha prazo de validade determinado no país, na prática vários órgãos passaram a exigir data de emissão de até dez anos, para combater fraudes.

Oficialmente, o RG é válido enquanto a foto identificar a pessoa e o documento estiver em bom estado de conservação. Na prática, porém, essa definição legal já não é plenamente aceita.
Para fazer a ‘prova de vida’ no Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), os aposentados precisam apresentar nos bancos o RG com até dez anos de emissão. Cartórios também passaram a exigir documentos com menos de uma década para transações com imóveis e outras nas quais a apresentação do documento é obrigatória. Países do Mercosul também fazem a mesma exigência para turistas brasileiros que viajam sem o passaporte, mas apenas com o RG.
O Programa Poupatempo recomenda que os RGs sejam renovados antes de completarem dez anos, para evitar problemas e correria de última hora. Para providenciar a segunda via do RG basta agendar uma visita ao Poupatempo e comparecer na data e horário escolhidos com a Certidão de Nascimento (se solteiro) ou de Casamento e uma foto 3×4 (em algumas unidades não é necessário, confira mais informações no portal do Poupatempo).
A taxa para a segunda via é de R$ 31,88. O agendamento pode ser feito pelo celular ou tablet, com o aplicativo SP Serviços, pelo disque Poupatempo (0800 772 3633) ou pelo site do Poupatempo. Quem não tem acesso à internet podem utilizar um Posto do ACESSA SP
 Para maior comodidade, o Poupatempo oferece um serviço de envio do documento pelos Correios.
Combate a fraudes
A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) confirma que as instituições financeiras, assim como vários órgãos oficiais, estão solicitando RG atualizado na comprovação de dados cadastrais. O objetivo, segundo a entidade, é evitar fraudes. Na emissão de passaporte, a Polícia Federal observa que o documento de identidade apresentado poderá ser recusado se não estiver atualizado ou se o tempo de expedição ou o mau estado de conservação impossibilitarem a identificação do requerente.

A Febraban argumenta que as instituições financeiras seguem a resolução do Banco Central e suas normas ao exigir documentos para atualização dos cadastros dos clientes, tanto para abertura de conta ou para manutenção da mesma. E comunicado oficial, a entidade diz informou que ‘conforme a legislação, os bancos podem adequar seus sistemas de controles internos voltados para as atividades de abertura e acompanhamento de contas de depósitos. Desta forma, podem adotar políticas e procedimentos, incluindo regras que previnam práticas ilícitas ou fraudulentas.
Como exemplo, a Febraban observa que a data de nascimento incompatível com a fisionomia do portador ou com a data de emissão do documento é um dos sinais mais evidentes de fraudes.

O que diz a lei
A validade da Carteira de Identidade é indefinida, conforme a Lei nº 7.166, de 29 de agosto de 1983. Um projeto de lei complementar de 29 de agosto de 1983 apresentava a proposta de alteração dos arts. 1º e 7º da Lei nº 7.116. Um dos objetivos era o de estabelecer validade de até dez anos para os documentos de identidade. No entanto, a proposição sofreu veto total. Com isso, a lei anterior continua valendo e as carteiras de identidade emitida pelos institutos de identificação dos estados continuam sem prazo de validade definido.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Você já ouviu falar de burocracia?

        Muitas vezes em nosso cotidiano usamos o termo burocracia para expressar algo negativo como a dificuldade ao abrir uma empresa ou obter alguma documentação, esta palavra, porém, é uma aliada para regular as atividades de uma empresa ou órgão possibilitando a resolução de possíveis conflitos.
          Quando dizemos que para se obter algo existe muita burocracia pelo caminho, estamos nos referindo às disfunções da burocracia, pois algumas vezes nas organizações existem excesso de regras que podem nos confundir e dificultar o andamento de alguma atividade.
             Regras e normas (formalidade), extinção de privilégios (impessoalidade) e o profissionalismo são mesmo características da burocracia. Mas pare por um minuto e imagine se não houvesse um regulamento para utilizar os serviços do Acessa SP, como não seria complicada a vida dos monitores, por exemplo?
         Vale lembrar que as regras e normas existentes foram racionalmente pensadas para um propósito específico, por isso, devemos nos acalmar e também sermos racionais diante de uma situação em que as exigências para se obter algo pareçam absurdas.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Aplicativos que ajudam no dia a dia


 
 
 
 
 
Na correria do dia a dia, às vezes não conseguimos nos organizar direito com tantas atividades, tarefas e compromissos que temos. Mas a tecnologia está aí para nos ajudar, não é mesmo? Seguem quatro aplicativos que podem auxiliar em nossas atividades pessoais e profissionais:

1° Google Agenda - É um serviço de calendário e agenda para organizar as tarefas do dia a dia, você pode ainda marcar reuniões e sincronizar as atividades com o seu celular. Deixando-as visíveis ou não para os seus contatos. Para saber mais acesse: https://www.google.com/intl/pt-BR/calendar/about/

2° Evernote - É um aplicativo para fazer anotações no smartphone, porém ele é mais que o editor de notas ou o bloco de notas. "Você pode organizar as notas por cadernos e acrescentar tags para facilitar a localização e a consulta. Mais: as notas podem incluir fotos (inclusive tiradas na hora), anotações à mão, áudio, capturas de tela e anexos. Além de possibilitar o envio de notas para redes sociais, é possível convidar pessoas para compartilhar cadernos ou mesmo criar links públicos para eles."

Para saber mais acesse: https://evernote.com/intl/pt-br/

​3​
° Smartr Contacts
​ ​
-
É um ótimo aplicativo para organizar todos os contatos em um só lugar.
"A ideia é que o usuário consiga encontrar todos os dados referentes a um contato pelo aplicativo. Assim, para cada pessoa haverá todas as redes sociais relacionadas a ela, os tipos de contato feitos, como ligações, mensagens e até e-mails. A interface do aplicativo mostra os contatos como em uma rede social."


4° Yupee- Mas se a sua dificuldade é se organizar financeiramente, este é um bom aplicativo para auxiliá-lo,  ele funciona como um gerenciador financeiro. https://www.yupee.com.br/

Todos estão disponíveis para Android e iphone.

Para mais informações e outras dicas: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/10-apps-para-organizar-a-sua-vida .
​E temos no ACESSA SP o Minicurso "Faça o tempo render " que dá ótimas dicas para quem quer começar a se organizar. Segue o link: http://minicursos.acessasp.sp.gov.br/016_tempo/


Até mais...

terça-feira, 16 de junho de 2015

Internet: Dicas para descolar um emprego com a ajuda das redes sociais

 

Há alguns anos, a busca por uma vaga de emprego acontecia somente por anúncios feitos pela empresa, seja em jornais, revistas ou na própria universidade, no caso de estágios. Hoje estar conectado é fundamental para a conquista de uma oportunidade no mercado de trabalho. A tão sonhada vaga pode surgir por indicação de colegas, recomendação de amigos ou por meio das redes sociais, como o twitter, facebook, Linkedin, entre outros.
No Linkedin, por exemplo, você monta o seu currículo virtual, com informações da carreira acadêmica, experiência profissional, interesses, e se conecta aos amigos e às empresas. Outra boa dica é estar ligado com a troca de informações que rola no Twitter, nos Blogs e Facebook.
Além de um lugar para buscar vagas, as redes sociais também funcionam como uma vitrine. O especialista em redes sociais e consultor em TI (Tecnologia da Informação), Waldir Arevolo, conta que há diversos relatos de empresas que analisam o comportamento dos candidatos na web. Por isso, Waldir explica que é preciso ter cuidado com a imagem que deixamos registrada, que ele chama de tatuagem digital. “Publicar reclamações do emprego, de cansaço e até palavrões são verdadeiros tiros no pé, como aquelas tatuagens feitas durante a juventude que perseguem eternamente as pessoas”. Lembre-se! Além de você, milhares de pessoas estarão vendo as suas fotos, tuítes, posts ou scraps.
Para não vacilar na internet e garantir a imagem de um profissional conectado, o especialista preparou algumas dicas para quem está à procura de uma oportunidade de estágio ou emprego.
- Seja conectado. Use as redes sociais ao seu favor. Atualize frequentemente seu perfil para deixar claro quais são suas áreas de interesse, seus conhecimentos e até atividades extracurriculares como esporte, vida cultural e lazer;
- Esteja antenado. Acompanhe os noticiários para ter opinião sobre os fatos. Quanto mais você souber, mais à vontade você fica para conversar na rede e contribuir com seus chefes e colegas de trabalho;
- Seja a mesma pessoa na vida real e virtual. Mais cedo ou mais tarde, mentiras são descobertas. Não coloque no seu perfil qualidades que você não tem. Além de expor seu despreparo, as mentiras criam situações que você não pode resolver;
- Demonstre motivação. Criar um blog, uma comunidade ou mesmo um site com assuntos relacionados à sua carreira indica que você tem iniciativa, criatividade e está comprometido com o seu futuro contexto profissional;
- A web é uma rede de bilhões de pessoas. Lembre-se! Além daquela pessoa, muitos outros estarão vendo suas informações;
- Leia o que escreve. Antes de publicar ou twitar algo, leia em voz alta e faça as seguintes perguntas: O que estou colocando é útil? O que as outras pessoas podem pensar de mim com essa informação? Posso me arrepender depois?
- Use a ferramenta adequada.  Não use o twitter aberto para falar algo que você não quer que as outras pessoas vejam;
- Admita o erro. Postou alguma coisa errada? Se arrependeu depois? Não há botão de delete na web. Então, assuma que errou e publique em seguida uma mensagem explicando o que quis dizer. Também dá para usar o bom humor. Assim, você acaba com a fofoca e ensina outras pessoas o que não deve ser feito.


 

terça-feira, 7 de abril de 2015

Nota Fiscal Paulista libera R$ 1,08 bilhão em créditos aos consumidores


ACESSA SP E NOTA FISCAL PAULISTA

A Nota Fiscal Paulista liberou nesta segunda-feira, 6/4, o valor total de R$ 1.079.331.342,50 em créditos referentes a compras realizadas no segundo semestre de 2014. Essa é a maior quantia já devolvida aos consumidores desde o início do programa e supera a marca dos R$ 999,9 milhões liberados em abril do ano passado.
Os usuários cadastrados no sistema podem transferir seus créditos para uma conta corrente ou poupança  de sua titularidade. Basta acessar o site www.nfp.fazenda.sp.gov.br, digitar o CPF/CNPJ e senha cadastrada e solicitar a opção desejada.
Os valores ficam à disposição dos consumidores por cinco anos e podem ser utilizados a qualquer momento dentro desse período. De acordo com as regras da Nota Fiscal Paulista, todas  as solicitações de resgate realizadas no decorrer da semana sempre são creditadas na conta bancária ou de poupança dos solicitantes na semana seguinte.
Para realizar este procedimento os munícipes podem contar com a colaboração do Acessa SP de Ilha Solteira, que fica localizadona Praça dos Paiaguás.
Maiores informações no telefone 3743-6084


O que é o Programa Nota Fiscal Paulista?

O Programa Nota Fiscal Paulista devolve até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelo estabelecimento a seus consumidores. Ele é um incentivo para que os cidadãos que adquirem mercadorias exijam do estabelecimento comercial o documento fiscal. Os consumidores que informarem o seu CPF ou CNPJ no momento da compra poderão escolher como receber os créditos e ainda concorrerão a prêmios em dinheiro

Como funciona:

1   Em cada compra, o consumidor informa seu CPF/CNPJ e solicita sua NoFiscal/Cupom Fiscal ou Nota Fiscal on-line
2   O vendedor registra o CPF/CNPJ do comprador. Ele emite o Cupom Fiscal, a Nota Fiscal Tradicional ou gera, no site, a Nota on-line
3    Após o recolhimento do ICMS pelo estabelecimento, a Secretaria da Fazenda creditará ao consumidor a parcela do imposto a que ele tem direito, proporcional ao valor da compra.
4    O crédito poderá, dentro de cinco anos, ser utilizado para reduzir o valor do débito do IPVA, transferido para conta corrente ou poupança.